Está claro para mim, após quase 20 anos trabalhando com Comunicação, que um dos termômetros mais precisos de que a organização que tem uma boa Gestão é existir, mesmo que pequeno e restrito, um departamento de Marketing ou, para os pequenos, um ou mais agentes que consigam pensar atributos de Marketing maduros.

Por outro lado, em 20 anos também vi exemplos contrários. Temos muitas empresas familiares muito resistentes em entender que é preciso que alguém permaneça com o olhar sobre o Marketing permanentemente.

Recentemente tenho atuado como Consultor de Marketing de profissionais da Medicina e de membros dos 3 poderes ou candidatos (ano de eleição, natural). Se um profissional já demanda tantas ações do Marketing, imagine uma empresa que deseja vender e escalar?

A precisão do olhar

Gostaria de chamar a atenção que, sim, é salutar que os próprios empreendedores se envolvam e desempenhem papeis no Marketing. Tenham certeza que o envolvimento dos empreendedores será sempre fundamental.

Exatamente pela experiência desses 20 anos é que penso que nunca se fez mais necessário o envolvimento de profissionais que sejam bons. Não cabe mais aquele tempo em que o Marketing era cabide de emprego, pois “qualquer um pode fazer”.

Não levar isso a sério é não levar a sério o sucesso do seu empreendimento. Enquanto isso for vilipendiado, seu resultado será vilipendiado.

Por que isso é tão complicado?

Os trabalhos desenvolvidos pelo Marketing que permeiam meu dia-a-dia vão desde coordenação estratégica, bolar planos bacanas até tarefas operacionais, seja uma direção de arte, lapidação de redes sociais que estão lastimáveis e a construção de um site completo.

Como apenas uma pessoa pode controlar isso? Vejo que, em muitos casos, fato colocado nas vagas que dizem que querem um Gestor, você encontra pedido de planejamento, coordenação, execução e até produção. Tudo junto.

A realidade é dura. É impossível que apenas 1 ou 2 pessoas façam gestão e operação ao mesmo tempo com 110% de desempenho que sei que os empreendedores desejam quando contratam.

O que impede? Tempo. Conhecimento. E, como alguém que já se candidatou, já falei abertamente com a pessoa que recrutava: “para fazer isso que você pede eu precisaria de um salário de R$ 7.000”. Pelo simples acúmulo de funções.

Mais uma vez, dependendo do seu tamanho e patamar, achar que é possível que alguém planeje todo o seu MKT, execute, monitore e faça um mar de tarefas operacionais por R$ 1.500 é algo extremamente arriscado.

Como contratar?

O que me levou a escrever isso foi ver anúncios de vagas em que eu e meu negócio se encaixa perfeitamente. Está printado aí, no topo do texto.

Muitos gestores querem uma pessoa para ver suas questões de Marketing de forma permanente, mas eu desisti de me encaixar nessas vagas há muito tempo pelos motivos que explanei acima.

A resposta para essa questão é modelo de negócio que desenvolvi desde 2012: contrate um Consultor como eu. Vantagens:

#1 Diagnóstico

Formação de equipe de acordo com o cumprimento dos pré-requisitos para atuação. No início, apenas analisar, pesquisar, para fazer um belo Planejamento. 

Cada empresa tem um cenário diferente. Repito, estritamente necessário o envolvimento dos donos para que possamos construir esse caminho juntos errando o mínimo possível.

Como Consultor, minha formação em Gestão de Negócios, Proposta de Valor e Posicionamento Digital me permitem entender qualquer negócio de forma madura, de fora, ver o que falta, os problemas.

#2 Novos paradigmas

Depois de um diagnóstico bem feito, quase sempre me deparo com resistência à mudanças por parte da equipe de Gestão das organizações. Como ter resultado se não conto com todos da empresa como aliados?

Tirar pessoas da zona de conforto está em meu discurso. Afinar a Proposta de Valor é uma via de mão dupla. Em muitas vezes nós tornamos tangível o tipo de pensamento que o empreendedor deseja, mas que não está cristalizado na sua organização.

Hoje em dia o Marketing não convence mais do que não existe, o público tem as buscas, testemunhos, notas de avaliação, ou você pratica o remédio das dores dos seus clientes ou o seu concorrente vai fazer. Ser o que diz que é. 

#3 Equipe enxuta

Ter um consultor experiente que cria vínculos na empresa como eu significa que vou saber que profissional recrutar para o cumprimento em nível de excelência daquela tarefa. 

É uma luta constante que um Gestor de dentro da empresa não deve precisar lidar. Pois nesses 20 anos de atuação já testei e acompanho a carreira de centenas de profissionais que são preferidos ou preteridos ao longo dos anos.

A meta é gastar o mínimo possível, com um nível de qualidade, no mínimo, excelente. E isso leva ao próximo ponto. 

#4 Não menosprezar custo de ações de Marketing

Cada demanda exige os melhores e um orçamento melhor, também. É preciso conhecimento para se deparar com um cenário em que a melhor decisão é não atacar certo prisma dentro do Marketing exatamente porque é caro demais para o cenário atual na empresa.

Já vi negócios deixarem de começar exatamente porque o empreendedor menosprezou a questão do próprio nome. É extremamente comum organizações mudarem de nome por isso.

Já vi negócios desmancharem porque o empreendedor decidiu que venderia pela internet e decidiu usar uma ferramenta de baixíssima qualidade. Criar um e-commerce é algo cristalino para um consultor: é como abrir uma loja nova com todo o ônus que vem junto.

#5 Não menosprezar a complexidade

Se tem algo que aprendi nesses 20 anos é que todo processo de venda deve ser enxergado com um amplo leque de pré e pós requisitos,

Mergulhei no Marketing porque entendi que cuidar apenas da ponta da Publicidade não era suficiente para trabalhar com qualidade. Há pouca experiência de Gestão no Marketing, no Brasil.

Mergulhei também no Marketing Digital, que segue com enormes problemas éticos tanto por parte das plataformas quanto pelos usuários. Somos bombardeados por fórmulas mágicas e especialistas geniais que querem vender seu produto ou serviço o tempo todo.

É complexo, demanda tempo pra entender, olhar para entender as permanentes mudanças. Penso que Marketing é como um rio que segue, com partes calmas, partes que se embrenham entre rochas e não vemos claramente o curso, corredeiras, quedas épicas…

Creio que já me fiz entender. Tenho clientes que acompanho como colaborador de fato (é assim que me sinto e eles pensam de mim) há anos e é desafiador.

Considere contratar um Consultor e todo o bônus que vem junto

Não há uma fórmula, cada cenário de cliente é diferente e requer tudo que você leu acima. Como está no meu slogan: um caminho de métodos que estabelecemos juntos para atingir um horizonte de resultados bem definido. O sol desse horizonte é são as vendas.

Reflita: como está o seu Marketing, o que pode melhorar? Converse comigo, com o seu profissional, com seus colaboradores.

Me conte aqui o que passa na sua cabeça sobre isso.